Vendas de carros elétricos superam os a diesel na Europa

Setembro 11, 2023
Descubra como os carros elétricos alcançaram uma conquista histórica na Europa, superando as vendas dos modelos a gasóleo. Saiba como esta mudança reflete uma tendência em crescimento e como a indústria automóvel se está a adaptar a esta transformação.

A indústria automóvel está a passar por uma revolução na Europa. Num acontecimento sem precedentes, os veículos elétricos ultrapassaram os modelos a gasóleo em vendas no mês de junho. Este marco significativo foi recentemente anunciado pela Associação de Fabricantes de Automóveis Europeus (ACEA). Com um total de 158.000 carros elétricos vendidos, esta tendência reflete uma quota de mercado crescente, saltando de 10,7% para 15,1% no período de apenas um ano.

Esta mudança nas vendas de automóveis elétricos foi particularmente evidente em países como os Países Baixos, Alemanha, França e Bélgica. Uma das principais impulsionadoras deste aumento foi a Tesla, que adotou uma estratégia de redução de preços, resultando num aumento da procura pelos seus veículos elétricos. De salientar que um em cada cinco veículos elétricos vendidos na Europa no primeiro semestre deste ano pertence à marca de Elon Musk.

Esta tendência não se limita apenas aos carros elétricos, uma vez que os veículos híbridos também registaram um aumento significativo nas vendas, representando agora 24,3% do mercado. Este aumento foi particularmente notável na Alemanha, França e Itália. No entanto, as vendas de híbridos recarregáveis, que podem ser carregados através de uma tomada ou terminal, registaram uma queda de 7,9% no mercado.

A análise revela ainda que a gasolina continua a ser a principal escolha de energia para os carros vendidos na União Europeia, abrangendo 36,3% das vendas em junho, o que representa um aumento de 11% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Globalmente, as vendas de carros novos recuperaram de forma expressiva na Europa durante o primeiro semestre deste ano, com um aumento notável de 17,9% em relação aos últimos 12 meses. No entanto, é importante sublinhar que o mercado ainda não atingiu os mesmos níveis de vendas anteriores à pandemia da covid-19, mostrando um abrandamento de 21% em comparação com o primeiro semestre de 2019.

A ACEA realça que a evolução dos últimos meses demonstra que a indústria automóvel europeia está a conseguir recuperar dos desafios logísticos trazidos pela pandemia. Desde agosto de 2022, o mercado automóvel europeu tem demonstrado um crescimento sustentável, ultrapassando as dificuldades causadas pela crise da covid-19 e pela escassez de componentes eletrónicos essenciais.

 

Fonte:  Notícias ao Minuto

Outras Notícias

 

Janeiro 31, 2022

Kia Sportage – descubra a nova versão

Ler notícia

Julho 30, 2021

Como proceder ao pagamento do IUC?

Ler notícia

Dezembro 1, 2021

Lexus NX: o 1º híbrido plug-in da marca

Ler notícia