Receitas do Estado Português com Impostos Automóveis: Um olhar sobre os números de 2022

Julho 24, 2023
Descubra o impacto dos impostos sobre automóveis nas receitas do Estado português em 2022. Saiba quanto foi arrecadado com o IVA, ISV e IUC, revelando o peso significativo desta tributação para o governo.

O mercado automóvel em Portugal é conhecido por apresentar preços mais elevados em comparação a muitos países europeus. Mas já se perguntou por quê? A resposta está nos impostos. E isso leva-nos a outra questão: quanto o Estado português arrecada com a tributação dos automóveis?

No ano de 2022, o portal Auto ao Minuto analisou as contas. No momento da aquisição de um automóvel, os compradores já contribuem para os cofres do estado através do IVA a 23% sobre o valor do veículo e do Imposto Sobre Veículos (ISV), que varia conforme a cilindrada e as emissões de CO2.

Vamos aos números. Para calcular as receitas de IVA em 2022, foi necessário encontrar o volume global de vendas de automóveis. De acordo com a Informa D&B, o volume de negócios atingiu a marca dos 5500 milhões de euros. Nesse sentido, o IVA recebido pelo Estado português proveniente dessas vendas ultrapassou os mil milhões de euros, totalizando cerca de 1.028 milhões de euros.

Já o ISV trouxe uma receita significativa ao Estado, tendo a PorData reportado um montante exato de 455,2 milhões de euros arrecadados em 2022.

No entanto, há mais valores a somar. O Imposto Único de Circulação (IUC), fixado em 503,8 milhões de euros no ano passado, também foi uma importante fonte de receita para o governo. Somando os valores do IUC e do ISV, o Estado português recebeu quase 1.000 milhões de euros. O valor exato é de 959 milhões de euros.

O somatório dos valores do IVA, ISV e IUC totalizou 1.987 milhões de euros, resultando em impressionantes 5,4 milhões de euros arrecadados diariamente pelo Estado português graças aos impostos sobre os automóveis. Este número certamente será ainda maior em 2023, devido ao aumento do preço dos veículos.

Esses dados revelam o peso significativo dos impostos automóveis nas receitas do Estado português e como essa tributação tem um impacto expressivo no orçamento governamental. É importante entender o contexto tributário para compreender os custos associados à compra de um automóvel em Portugal.

 

Fonte: Notícias as Minuto

Outras Notícias

 

Janeiro 31, 2019

O que marcou 2018 no sector automóvel?

Ler notícia

Agosto 31, 2020

Abarth 595. Novas séries limitadas Scorpioneoro e Monster Energy Yamaha

Ler notícia

Novembro 30, 2020

ACAP. Orçamento de Estado sem medidas de apoio ao setor automóvel

Ler notícia