O fim dos concessionários da BMW na Europa - TD Crédito

Maio 31, 2022
Pieter Nota, membro do Quadro de Gestão do Grupo BMW (responsável por clientes, marcas e vendas), anunciou publicamente que a BMW irá alterar a forma como distribui os seus automóveis.

A marca vai alterar a distribuição dos seus automóveis, conforme anunciado no evento Concorso d’Eleganza Villa d’Este, em Itália. No presente, os concessionários são os responsáveis por vender, determinar o preço e atender os clientes, assim como garantir a assistência pós-venda.

A BMW decidiu alterar este modelo e começar a distribuir os seus automóveis de forma direta, com preços fixos. Desta forma, é a própria marca que controla o preço e gere encomendas, sendo que os concessionários passam a ter apenas a função de venda e assistência, sem autonomia para determinar o preço ou atribuir descontos.

Esta alteração não será imediata, não existindo ainda data definida para a sua implementação. Este modelo de distribuição é semelhante ao adotado pela Mercedes, Audi, Volkswagen e Stellantis (marcas que estão a fazer a alteração ou irão fazer até 2023).

 

Porquê esta mudança?

Com esta mudança, a BMW centra em si algumas responsabilidades: desde as encomendas, à definição do preço e gestão de stock. Assim o concessionário terá muito menos encargos, uma vez que só terá o papel de entregar o automóvel ao cliente, e uma comissão também menor (1/5 do que recebe agora).

 

Já conhece o novo Skoda Fabia? Saiba mais aqui.

Outras Notícias

 

Fevereiro 8, 2024

Toyota Mantém a Liderança Mundial em Vendas de Automóveis e Estabelece Novo Recorde

Ler notícia

Janeiro 31, 2022

IRS 2021 – conheça os prazos

Ler notícia

Maio 26, 2023

O Peugeot 2008 está renovado e chega a Portugal ainda este verão.

Ler notícia