Fraude ao obter um crédito? Saiba como evitar - TD Crédito

Fevereiro 16, 2022

Existem várias ofertas de crédito fácil e rápido e, num momento em que está à procura de uma solução de financiamento, pode cair numa situação fraudulenta.

Estas entidades, que fazem promessas de soluções muito rápidas e fáceis (e que por norma apresentam condições pouco transparentes e taxas de juro elevadas), têm atuado principalmente a partir das redes sociais devido à fácil aproximação aos clientes. Outros métodos incluem panfletos ou anúncios.

Por vezes, podemos encontrar entidades não regulamentadas pelo Banco de Portugal. Isto significa que estas entidades não foram autorizadas a exercer atividade financeira em Portugal, ou seja, a sua atividade não é legal. Deve verificar sempre aqui.

 

Quais são os sinais de fraude?

1. É difícil encontrar informação sobre a entidade.

2. Existem queixas sobre a entidade em alguns websites como o Portal da Queixa.

3. Por vezes a comunicação não é formal e chega a ser incoerente. São utilizadas também expressões que chamam a atenção, como “dinheiro fácil” ou “dinheiro rápido”.

4. Exigem uma comissão adiantada para avaliar um pedido de crédito, o que não é permitido por lei.

 

Evite qualquer comunicação com estas entidades/pessoas, principalmente se requirirem dados pessoais. O Banco de Portugal denuncia regularmente entidades fraudulentas nas suas redes sociais, pelo que é importante estar atento no momento que procuramos as melhores condições de crédito.

 

Sabe o que é o mapa de responsabilidades de crédito? Descubra aqui.

Outras Notícias

 

Maio 28, 2021

Vendas de carros novos na Europa disparam 256%

Ler notícia

Fevereiro 28, 2022

Kia EV6 é o Carro do Ano 2022

Ler notícia

Setembro 16, 2021

Porque devo incluir um seguro ao fazer um crédito?

Ler notícia