Depósitos de famílias portuguesas atingem novo recorde - TD Crédito

Março 4, 2022

Em janeiro de 2022, as famílias portuguesas depositaram mais 500 milhões de euros do que em dezembro de 2021. Isto significa que foi atingido o recorde de 173,4 mil milhões de euros.

A nível nacional, registou-se um aumento de 6,3% comparando com o ano anterior, variação superior à da Área Euro que regista apenas 4,6%.

Este crescimento nos depósitos de particulares também foi notório por parte das empresas, que tiveram um aumento de 17,4% em relação a janeiro de 2021 e um total de 60,5 mil milhões de euros depositados.

O aumento tem-se verificado de forma mais acentuada desde o início da pandemia, quando o índice de confiança do consumidor diminuiu consideravelmente.

O Banco de Portugal indica também que a taxa de crescimento registada nos últimos dois anos, atingidos pela pandemia, não se verificava desde o final de 2010.

No final do ano passado, cerca de 48% dos depósitos eram detidos por particulares, um aumento de 13,5% desde dezembro de 2020.

Taxa de variação anual - depósitos

Dados do Banco de Portugal.

Conheça aqui os tipos de depósitos segundo o Banco de Portugal.

Outras Notícias

 

Setembro 25, 2019

BMW deve comprar a Jaguar Land Rover? Analistas dizem que sim!

Ler notícia

Fevereiro 1, 2022

O que é o mapa de responsabilidades de crédito?

Ler notícia

Fevereiro 27, 2019

Chegou o novo Peugeot 208…

Ler notícia