Crédito ao consumo recua 11% para mínimo desde setembro - TD Crédito

Agosto 30, 2019

O crédito concedido em junho foi o mais baixo do ano e no conjunto do primeiro semestre recuou 3,3%.

Os portugueses estão a recorrer menos ao crédito ao consumo, sobretudo para comprar automóvel, revelam os dados publicados esta sexta-feira, 16 de junho, pelo Banco de Portugal.

Os novos contratos de crédito aos consumidores realizados em junho envolveram 565,98 milhões de euros, o que representa uma queda de 11% face ao registado no mesmo mês do ano passado (633,5 milhões de euros).

Além da queda acentuada em termos homólogos, o crédito ao consumo registado em junho é o valor mensal mais reduzido desde setembro do ano passado.

A queda registada em junho deve-se sobretudo à descida do crédito automóvel (-18,5% para 228 milhões de euros), o que representa uma queda mais acentuada do que a verificada nas vendas de veículos novos (-4%).

No crédito pessoal a queda foi de 3,2% para 261 milhões de euros, enquanto nos cartões de crédito, linhas de crédito, contas correntes bancárias e facilidades de descoberto observou-se uma redução de 8,6%.

No acumulado do primeiro semestre o crédito concedido aos consumidores totalizou 3,56 mil milhões de euros, menos 3,3% do que no mesmo período do ano passado.

Fonte: Jornal de Negócios

Outras Notícias

 

Março 27, 2018

O primeiro carro português que voa chega em 2022

Ler notícia

Julho 30, 2020

BMW X7. Versão Edition Dark Shadow ainda mais exclusiva

Ler notícia

Maio 31, 2018

Novas regras de Proteção de Dados: Controle os seus dados pessoais

Ler notícia