Crédito ao consumo atinge 672 milhões de euros em maio - TD Crédito

Julho 30, 2019

A concessão de crédito voltou a aumentar e atingiu um novo máximo histórico, de acordo com os dados revelados pelo Banco de Portugal na passada segunda-feira, 15 de julho. Após a queda do mês passado, os bancos disponibilizaram 672 milhões de euros em empréstimos para o consumo, assumindo um novo máximo desde 2013.

Os dados divulgados pelo Banco de Portugal apontam que os portugueses pediram financiamento total para o consumo no valor de 672 milhões de euros no mês de maio, enquanto no mês anterior o valor se fixou em 563 milhões de euros. Este montante total resultou na subida expressiva do financiamento para a compra de automóvel e créditos pessoais. Estas duas categorias foram responsáveis por 85% do total de empréstimos concedidos.

Os cartões de créditos e contas correntes bancárias obtiveram 94 milhões de euros de financiamento, um crescimento de 2,2% face a maio de 2018, quando se registou 92 milhões de euros, e abril do presente ano, verificando-se um aumento de 20,2% para 78 milhões de euros.

Nos empréstimos para educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos, a concessão chegou aos 9,3 milhões de euros. Verificou-se um aumento de 16,5% face a abril (7,9 milhões de euros) e de 41,5% quando comparado com maio do ano passado (6,6 milhões de euros).

O valor registado pela entidade liderada por Carlos Costa, em maio, elevou para três mil milhões de euros, o total do crédito ao consumo disponibilizado pelos bancos e pelas financeiras. Quando comparado com o mesmo período de 2018, este montante representa uma quebra de 2%.

Fonte: O Jornal Económico

Outras Notícias

 

Junho 29, 2018

Tesla vai pôr clientes a produzir automóveis

Ler notícia

Outubro 31, 2019

Fiat Chrysler e PSA aceleram na fusão com Carlos Tavares ao volante

Ler notícia

Julho 31, 2019

Top 10 dos clássicos a comprar antes de subirem de preço

Ler notícia