8 dicas para controlar melhor o seu dinheiro - TD Crédito

Abril 19, 2022

Por vezes pode parecer difícil ter controlo sobre a sua vida financeira. O segredo está em continuar a investir continuamente na literacia financeira, procurar estar a par de políticas financeiras e da economia e também das alterações das suas próprias finanças pessoais.

Se não sabe bem por onde começar, não é o único. A pensar em si, a TD Crédito elaborou 8 dicas para que consiga poupar dinheiro e ter melhor controlo sobre as suas finanças:

 

· Mantermo-nos atualizados: habituarmo-nos a ler regularmente jornais, livros e artigos económicos, acompanhar podcasts, procurar cursos online. Estar bem informado permite-nos sempre tomar as melhores decisões financeiras.

· Registarmos todas as despesas se não temos ainda o hábito de fazê-lo, esta é uma boa altura para começar. Anotar tudo aquilo em que gastamos dinheiro, do café ao Euromilhões, durante um mês, por exemplo, possibilita-nos ter uma noção clara das despesas regulares e, acima de tudo, fazer mais facilmente ajustes, se necessário. Hoje em dia existem Apps como a Mobills, a Expensify ou a Money Care, entre outras que são uma boa ajuda.

· Revermos com frequência o nosso orçamento: tão importante como fazer um orçamento familiar é revê-lo e ajustá-lo regularmente para fazer face às alterações que vão surgindo na vida, como uma promoção e aumento correspondente de salário, ou pelo contrário, desemprego, lay-off, despesas de saúde, aumento do valor do(s) seguro(s), etc.

· Ponderarmos bem as compras: evitar as compras por impulso, especialmente quando o preço for significativo. Esperar pelo menos 24 horas para avaliar “mais a frio” se de facto valem a pena e se são realmente necessárias. E, claro, devemos sempre comparar preços.

· Termos um plano de poupanças: pôr dinheiro de parte para o futuro, para um fundo de emergência, para concretizar planos, é um hábito que devemos começar desde pequeninos e manter ao longo de toda a vida. Se não é o seu caso, está ainda muito a tempo de dar o primeiro passo e começar a fazer um “pé-de-meia”. Uma das melhores formas é dar ordem para uma uma transferência automática quando recebe o ordenado para uma conta poupança.

· Pouparmos para a reforma: esta é uma área que não devemos descurar, mesmo que a idade da reforma pareça muito distante. E mesmo com descontos para a Segurança Social, garantir uma segurança extra para a reforma deve ser uma prioridade.

· Verificarmos o extrato bancário e do cartão de crédito regularmente. Só assim podemos verificar erros e eventuais situações de fraude.

 

Quer saber mais sobre poupar dinheiro e combater a inflação? Saiba mais aqui.

Outras Notícias

 

Março 29, 2022

Portugal entre os países com maior dificuldade para pagar contas na Europa

Ler notícia

Março 27, 2018

Rede pan-europeia de postos rápidos

Ler notícia

Fevereiro 25, 2021

Com o fim das moratórias saiba prevenir e reagir ao sobreendividamento

Ler notícia